Pesquise no Grupo AVPH

Cágado da Lagoa

   O Cágado da Lagoa possuí carapaça oval, levemente achatada com sulco medial presente nos adultos, sua cor pode variar do marrom claro e escuro, ao esverdeado ou cinza, com bordas amarelas. Os animais jovens possuem uma espécie de quilha ao longo da coluna vertebral, o plastrão é bem desenvolvido e possui um sulco anal com coloração amarelada e com manchas arredondadas negras. A cabeça é larga e achatada, sendo o focinho pontudo com dois barbelos bi colores e com uma faixa negra que sai do focinho, passando sobre os olhos, até o pescoço, uma de cada lado. A parte de baixo da cabeça e do pescoço é amarelada e geralmente possui duas outras listras negras de cada lado da garganta. Chegam a ultrapassar os 40 centímetros de comprimento de carapaça e são um dos maiores cágados brasileiros.
   Habitam rios,lagos e pântanos de vegetação abundante e fundo lodoso da região sul do Brasil, Uruguai, Norte da Argentina e Paraguai. Existem indícios da presença dessa espécie na Bolívia também.
   Na natureza se alimentam de peixes, caramujos, camarões, insetos e outros animais pequenos. Em cativeiro aceitam bem rações peletizadas para tartarugas, carnes de vaca e de frango, entre outras.
   Os machos apresentam caudas compridas e estreitas e as fêmeas caudas curtas e largas, sendo os machos pouco menores que as fêmeas, em média os machos não ultrapassam os 35 centímetros e as fêmeas chegam até aos 40 centímetros de comprimento retilínio de carapaça. O macho começa o ritual de acasalamento perseguindo a fêmea até que a mesma permita a cópula, que ocorre também dentro da água.
   A postura de ovos geralmente ocorrem duas vezes ao ano, sendo uma entre os meses de fevereiro a maio e outra entre os meses de setembro e dezembro. Os ovos esféricos são colocados em geral nas margens de matas siliares abaixo da meia sombra de árvores e em praias de areia fina sem vegetação ou com presença de gramíneas, há uma distância que varia de 1 a 222 metros da água é cavado um buraco de 10 a 15 centímetros de profundidade e em média são colocados 9 a 14 ovos, podendo variar de 8 a 32 ovos, que demoram cerca de 150 dias para nascerem as tartaruguinhas a 30°C. É recomendado um pH próximo de 6,5 ou levemente abaixo, principalmente para recém nascidos. Os principais predadores dessa espécie são Lagartos Teiú adultos (Tupinambis merianae), Mão-pelada (Procyon cancrivorus), Cachorro-do-campo (Pseudalopex gymnocercus) e Cachorro-do-mato (Cerdocyon thous), os quais se alimentam dos ovos e atacam os mesmos em cerca de 80% das posturas ocorridas na natureza.

Dados do Quelônio:
Nome: Cágado da Lagoa
Nome Científico: Phrynops hilarii
Local de Origem: América do Sul
Peso: Cerca de 5 quilogramas
Tamanho: 40 centímetro de comprimento
Alimentação: Onívora

Classificação Científica:
Filo: Cordados
Sub-Filo: Vertebrados
Super-Classe: Tetrápodos
Classe: Répteis
Sub-Classe: Anapsida
Super-Ordem: Quelônios
Ordem: Pleurodira
Família: Chelidae
Gênero: Phrynops
Espécie: Phrynops hilarii (Duméril & Bibron, 1835)



loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.